Notícias

30 | dezembro | 2020

Trabalhadores da Cultura receberam auxílio emergencial da lei Aldir Blanc

30/12/2020

A Prefeitura de Pitangueiras, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esportes e Turismo concluiu nesta semana, a transferência dos recursos da lei Aldir Blanc às empresas, espaços culturais, artistas e trabalhadores da Cultura de Pitangueiras e Ibitiúva.

A lei federal dispõe sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural durante a pandemia da covid-19, com o objetivo de apoiar profissionais da área que sofreram com o impacto das medidas de distanciamento social por causa do coronavírus.

No município, foram 48 beneficiados, que receberam valores de acordo com as categorias de atuação, conforme regulamento da lei. A seleção ocorreu por meio de edital municipal que analisou propostas de trabalho inscritas, consideradas aptas para o recebimento do benefício.

O secretário municipal de Cultura, Esportes e Turismo, Caio Martins, explica que a seleção dos trabalhos foi feita mediante classificação realizada por uma comissão especial formada para essa finalidade. “Desde quando a lei foi criada, a Prefeitura e a secretaria não mediu esforços para que esse benefício chegasse ao município. Nós sabíamos o quanto a classe artística estava sendo afetada. O recurso chegou e agora esses trabalhadores poderão investir em seus projetos”, destaca.

Kaio Guilherme dos Santos foi um dos beneficiados. Ele é proprietário de uma escola de música em Pitangueiras, e desde o início da pandemia, o local sentiu o impacto das restrições provocadas pelo esse período. Diante disso, precisou se reinventar.

“Tivemos que nos adaptar e passamos a oferecer aulas online, já que o contato pessoal não era possível. Esse auxílio emergencial chegou em boa hora e vai nos ajudar muito nessa retomada, já que passamos a funcionar de maneira presencial novamente, seguindo todas as recomendações de prevenção”, destaca Santos.

A crise financeira também chegou à empresa de eventos do Jesuel de Souza dos Santos, de Pitangueiras, que está sem desenvolver atividades desde março.

“Minha empresa trabalha com eventos, shows, e nada disso é possível fazer ainda. Esse auxílio emergencial evitou que fechássemos as portas. Com esse dinheiro, será possível fazer a manutenção do local, pagar impostos e cobrir demais custos. Se Deus quiser, entraremos em 2021 estabilizados, aguardando a pandemia acabar para a gente voltar a realizar nosso trabalho”, destaca ele.

A pandemia também afastou Julimara Vieira Santos dos palcos. Atriz e professora de teatro do distrito de Ibitiúva, ela conta que não pode mais fazer peças nem continuar com as aulas que ministrava. O resultado foi a queda drástica na renda.

“Fiquei financeiramente muito debilitada. Precisei pensar em outras alternativas para fazer meu trabalho, foi aí que surgiu meu canal no Youtube, onde falo sobre teatro, história e cultura. Com esse auxílio emergencial que recebi, terei condições de investir nesse novo projeto e continuar meu trabalho”, afirma.

A lei foi aprovada em junho pelo Congresso Nacional e foi batizada de Lei Aldir Blanc, em homenagem ao compositor e escritor que morreu de covid-19 em maio.

Confira mais notícias da nossa cidade

8 | janeiro | 2021

Plano São Paulo: Pitangueiras e Ibitiúva permanecem na Fase Amarela

7 | janeiro | 2021

Atendimento da UBS Central retornará ao prédio de origem

5 | janeiro | 2021

Unidade de Atendimento gripal vai mudar de endereço em 07/01

Todas as Notícias

Confira mais notícias da nossa cidade

14 | janeiro | 2021

Sebrae está com inscrições abertas para curso de empreendedorismo

12 | janeiro | 2021

Deputado Sebastião Santos conheceu obras esportivas em Pitangueiras

11 | janeiro | 2021

Manutenção na Estação de Tratamento de Água nesta terça, dia 12

8 | janeiro | 2021

Plano São Paulo: Pitangueiras e Ibitiúva permanecem na Fase Amarela

7 | janeiro | 2021

Atendimento da UBS Central retornará ao prédio de origem

5 | janeiro | 2021

Unidade de Atendimento gripal vai mudar de endereço em 07/01

Clique aqui e veja todas as notícias