Notícias

5 | dezembro | 2019

Prefeitura fez estudo socioterritorial inédito em Pitangueiras

05/12/2019

A Prefeitura de Pitangueiras, por meio do Fundo Social de Solidariedade, concluiu um estudo inédito no município: o Diagnóstico Socioterritorial, ferramenta essencial para planejar ações de políticas públicas nas mais diversas áreas de assistência social. 

 

As informações utilizadas no levantamento tiveram como fonte alguns órgãos de pesquisa e dados de características socioeconômicas das famílias, como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Cadastro Único, além do Conselho Tutelar, Secretaria Municipal de Saúde e unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). 

 

O material reúne dados sobre números de habitantes, renda per capita, grupos populacionais (tradicionais e específicos), características de famílias de acordo com os bairros onde moram, informações do CRAS, dentre outras especificidades. Informações tanto de Pitangueiras, quando do distrito de Ibitiúva. 

 

O estudo teve início em setembro deste ano e foi concluído no final de novembro. Ele foi idealizado pela presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Maria Pedro Soriano e pelo estagiário do setor, Maikon Viesba, estudante de Recursos Humanos. 

 

“Nos 161 anos de Pitangueiras nunca houve um trabalho como esse, que levantou dados das famílias por bairros. Porque, os dados fornecidos pelo IBGE, Cadastro Único, por exemplo, são gerais. Já o Diagnóstico Socioterritorial é mais específico, pois setoriza”, explica Ana Maria, que também é coordenadora de Censo do IBGE, e aproveitou a experiência no órgão para aplicá-la ao projeto. 

 

Ana enfatiza que esse documento ajuda o município a se aproximar cada vez mais das situações vivenciadas dentro do seu território, possibilitado o alinhamento dos serviços conforme a realidade das demandas.

 

“Conhecendo a particularidade das famílias, do bairro onde residem e demais dados, é possível fazer um trabalho de assistência ainda mais efetivo em todas as áreas. Em nosso município, por exemplo, temos famílias ciganas. É necessário ter ações culturais que atinjam famílias com esse perfil. Nosso município tem muitos idosos também. Com base nisso, o foco deve ser na ampliação da assistência a esse público”, exemplifica a presidente do Fundo Social. 

 

Junto ao diagnóstico de cada setor e situação social, os pesquisadores colocaram sugestões de trabalhos e projetos que podem contribuir na potencialização das ações que já são aplicadas no município. Em breve, o material será apresentado aos secretários municipais, que poderão utilizá-lo como ferramenta no panejamento de cada Pasta. 

 

O Diagnóstico Socioterritorial de Pitangueiras pode ser consultado no link http://bit.ly/DiagnosticoSocioterritorial

 

Confira mais notícias da nossa cidade

12 | abril | 2024

Pitangueiras recebeu R$ 37 milhões para obras de saneamento

Leia mais
[wpusb layout="rounded" items="facebook, twitter, linkedin, whatsapp"]
11 | abril | 2024

Prefeitura adquiriu novos aparelhos oftalmológicos

Leia mais
[wpusb layout="rounded" items="facebook, twitter, linkedin, whatsapp"]
8 | abril | 2024

Oficina vai tirar dúvidas sobre a Lei Paulo Gustavo

Leia mais
[wpusb layout="rounded" items="facebook, twitter, linkedin, whatsapp"]
Todas as Notícias

Confira mais notícias da nossa cidade

15 | abril | 2024

Torneio de futebol 1º de Maio está com inscrições abertas

15 | abril | 2024

Prefeitura inicia agendamento para exames na carreta do Hospital do Amor

15 | abril | 2024

Painéis de chamada começam a ser instalados nas unidades de saúde

12 | abril | 2024

Pitangueiras recebeu R$ 37 milhões para obras de saneamento

11 | abril | 2024

Prefeitura adquiriu novos aparelhos oftalmológicos

8 | abril | 2024

Oficina vai tirar dúvidas sobre a Lei Paulo Gustavo

Clique aqui e veja todas as notícias