Notícias

26 | julho | 2022

Prefeito e vice visitam obras da Estação de Tratamento de Esgoto

26/07/2022

O prefeito Marquinho Soriano e o vice Professor Júnior visitaram, nesta terça-feira (26), as obra das Estação de Tratamento de Esgoto de Pitangueiras (ETE), retomadas no mês passado.

Eles caminharam pelo local e aproveitaram para tirar algumas dúvidas com o engenheiro da obra. Nesta semana, está sendo feita a preparação do tanque de aeração para receber revestimento com geomembrada, que fará a impermeabilização do local.

O prefeito Marquinho Soriano enfatiza que a ETE é a obra mais importante do município, atualmente. “Vai beneficiar a saúde da população e o meio ambiente, ela abrirá as portas para o desenvolvimento, atraindo empresas e investimentos”, finaliza.

A empresa responsável pela obra é a Foco Construtora e Prestadora de Serviços LTDA e a previsão é que a ETE seja concluída em 2023.

A obra contempla o Emissário Bruto, Estação Elevatória de Esgoto, Linha de Recalque, Travessia Aérea “MMD – Método não Destrutivo” e Sistema de tratamento de Efluentes por lagoas) em atendimento a Secretaria Municipal de Agricultura, Indústria, Comércio e Meio Ambiente.

 

SOBRE A ETE

A preservação da água é ponto central da ETE. A obra histórica vai possibilitar a recuperação do córrego Pitangueiras e de trecho do Rio Mogi-Guaçú, que sempre receberam esgoto sem nenhum tratamento.

Além da proteção das águas, o tratamento de esgoto protege a fauna, a flora e toda a biodiversidade regional, descontaminando todas as fontes de água. Resumidamente, o tratamento de esgoto é essencial para evitar a poluição e a degradação dos recursos hídricos, garantindo a saúde dos ecossistemas aquáticos, a segurança da saúde humana e a sustentabilidade ambiental.

O investimento na concretização dessa obra totalizou R$ 17,6 milhões de reais, provenientes tanto dos cofres públicos quanto do Governo do Estado de São Paulo, por meio do programa Desenvolve SP. Ao entrar em funcionamento, esta iniciativa acolhe o desenvolvimento, atraindo indústrias e gerando empregos, enquanto desempenha um papel fundamental na preservação ambiental, no fomento da saúde pública e no desenvolvimento sustentável do município.

 

ESTRUTURA DA ETE
Construída em uma extensa área de 73.224,31 m², a ETE de Pitangueiras está estrategicamente situada no Km 362 da rodovia Armando Sales de Oliveira (SP-322), com uma capacidade de tratar 130,42 litros de esgoto por segundo. Abrangendo componentes vitais, como Emissário Bruto, Estação Elevatória de Esgoto (EEE), Linha de Recalque, Travessia Aérea utilizando o método não destrutivo “MMD” e um Sistema de tratamento de Efluentes por lagoas, a ETE incorpora uma Estação Elevatória de Esgoto (EEE) que abrange uma área de 900m².

O complexo é composto por três lagoas distintas:

– Lagoa Anaeróbia: Com dimensões de 60×60, abrange uma extensão de 3600,00m².
– Lagoa Facultativa 1: Com dimensões de 162,15 x 85,27, abrange uma extensão de 13.826,53m².
– Lagoa Facultativa 2: Com dimensões de 162,15 x 85,27, abrange uma extensão de 13.826,53m².

 

 

Confira mais notícias da nossa cidade

12 | abril | 2024

Pitangueiras recebeu R$ 37 milhões para obras de saneamento

Leia mais
[wpusb layout="rounded" items="facebook, twitter, linkedin, whatsapp"]
11 | abril | 2024

Prefeitura adquiriu novos aparelhos oftalmológicos

Leia mais
[wpusb layout="rounded" items="facebook, twitter, linkedin, whatsapp"]
8 | abril | 2024

Oficina vai tirar dúvidas sobre a Lei Paulo Gustavo

Leia mais
[wpusb layout="rounded" items="facebook, twitter, linkedin, whatsapp"]
Todas as Notícias

Confira mais notícias da nossa cidade

15 | abril | 2024

Torneio de futebol 1º de Maio está com inscrições abertas

15 | abril | 2024

Prefeitura inicia agendamento para exames na carreta do Hospital do Amor

15 | abril | 2024

Painéis de chamada começam a ser instalados nas unidades de saúde

12 | abril | 2024

Pitangueiras recebeu R$ 37 milhões para obras de saneamento

11 | abril | 2024

Prefeitura adquiriu novos aparelhos oftalmológicos

8 | abril | 2024

Oficina vai tirar dúvidas sobre a Lei Paulo Gustavo

Clique aqui e veja todas as notícias