Notícias

21 | março | 2017

Lição de Casa foca no atendimento em grupos para tratar dificuldades de aprendizagem

21/03/2017

O ano de 2017 chegou para inaugurar uma nova fase no projeto Lição de Casa, centro especializado em atendimento escolar a crianças com dificuldades ou transtornos de aprendizagem da rede municipal de ensino de Pitangueiras e Ibitiúva.

Sob o comando da Secretaria Municipal de Educação e a coordenação da musicoterapeuta e psicopedagoga Patrícia Regina de Oliveira, o serviço está instalado em um complexo de salas dentro da Escola Municipal Dr. Clóvis Guimarães Spínola.

O espaço foi adequado para receber os alunos e suas famílias de forma confortável e acolhedora. A grande mudança, porém, está no modo de trabalho e nas perspectivas de atendimento.

De acordo com a coordenação, a ideia é que sejam priorizados atendimentos coletivos por meio de grupos com diagnósticos semelhantes. Casos específicos poderão receber atenção individualiza, mas serão encaminhados aos grupos conforme progresso.

Isso significa uma otimização dos serviços prestados pela equipe de profissionais e também uma estratégia de tratamento focada na troca de vivências.

Atualmente, o Lição de Casa é formado por uma equipe de 2 psicopedagogas, 2 pedagogas e 1 psicóloga, que atende a 256 alunos com dislexia, discalculia, Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), entre outros problemas de aprendizagem.

Os participantes são selecionados a partir de encaminhamento feito pelas escolas e prioridades definida após acolhimento e diagnóstico no projeto. Eles são atendidos semanalmente, durante seis meses, quando são novamente avaliados e podem receber alta ou permanecer em tratamento.

Criado em 2008, o Lição de Casa é uma iniciativa inovadora – até hoje, entre os municípios da região, apenas São José do Rio Preto tem um trabalho semelhante com o projeto Gato de Botas –, que já deu encaminhamento a 1.151 crianças.

 

Importantes parcerias

O sucesso do Lição de Casa depende de um esforço coletivo entre demais setores da Secretaria de Educação, Secretaria de Saúde e, principalmente, das famílias dos alunos atendidos.

Um dos desafios do projeto é conseguir a permanência das crianças no tratamento, de modo que pais e responsáveis devem se comprometer com o comparecimento semanal ao serviço.

Já na área da Saúde, alguns casos precisam ser encaminhados a serviços de fonoaudiologia e outras especialidades. A expectativa é que nessa nova fase a equipe do Lição de Casa conte novamente com profissionais de enfermagem e terapia ocupacional, por exemplo.

E, sendo a Educação responsável pela demanda do projeto, deverá será implantado em breve o sistema de plantão, pelo qual a equipe do Lição irá às escolas discutir os casos dos alunos em atendimento.

 

 

Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Pitangueiras e Ibitiúva

Confira mais notícias da nossa cidade

23 | setembro | 2022

Atividades com idosos são retomadas no município

23 | setembro | 2022

Capacitação destaca mudanças na lei de licitações

22 | setembro | 2022

Lagoas da ETE estão sendo interligadas

Todas as Notícias

Confira mais notícias da nossa cidade

29 | setembro | 2022

Prefeitura realiza audiência pública para elaborar orçamento 2023

27 | setembro | 2022

Prefeitura vai realizar 1º Encontro de Astronomia de Pitangueiras

26 | setembro | 2022

Pitangueiras ganha novo ônibus escolar

23 | setembro | 2022

Atividades com idosos são retomadas no município

23 | setembro | 2022

Capacitação destaca mudanças na lei de licitações

22 | setembro | 2022

Lagoas da ETE estão sendo interligadas

Clique aqui e veja todas as notícias